Dicas de Buenos Aires para crianças!

Ideias de programas e compras para quem está na cidade com crianças.

domingo, 16 de maio de 2010

Almoço em Puerto Madero com as crianças


Puerto Madero foi revitalizado nos anos 90 e está um charme caminhar pelos seus diques. Todas as ruas têm nomes de mulheres e eu até hoje me enrolo para decorar os nomes. Costumo classificar de lado de cá e lado de lá do dique. Outra curiosidade do bairro é que é administrado pela polícia naval e se você estiver dirigindo, fatalmente será parado em alguma blitz. Quem mora por ali costuma ser parado várias vezes por dia. Portanto, é bom estar sempre com os documentos na bolsa.
  
Do lado de cá, na rua Alicia Moreau de Justo, um bom passeio é uma visita à Fragata Sarmiento, no dique 3. Depois, o almoço nos restaurantes que estão localizados nos antigos armazéns reformados. Em geral, são salões grandes com muitas mesas e um preço alto. Aliás, comer em Puerto Madero é caro. Os cardápios estão sempre pendurados na porta. E não está mal dar uma olhada antes de entrar para evitar surpresas desagradáveis. A seguir algumas sugestões para o almoço com crianças pequenas do lado de cá do dique, na rua Alicia Moreau de Justo:

- Cabaña las Lilas (516): virou point de brasileiros. A carne é excelente. As crianças são recebidas com lápis de cor e papel para desenhar. Tem menu infantil com milanesa de carne sequinha e purê de batata saboroso, ou talharim ou ainda escalopinho com batata frita. Se seus filhos comem que nem passarinho, podem ainda dividir um prato infantil. No couvert, pão de queijo e, no acompanhamento, farofa, deleites para quem mora aqui e sente saudades dessas delícias. O prato de carne sai por cerca de 100 pesos. Se você come de pouco a moderadamente pode dividir com outra pessoa. Acrescente aí uma salada, várias cestas de pães que colocam à sua frente, sobremesa e café Nespresso. A conta vai nas alturas! Mas você tem boas chances de sair satisfeito. Ah, se você não dispensa uma sobremesa, vá de panqueca de doce de leite com sorvete de creme. Uma coisa!!!!

- Siga la Vaca (1714) - se você pedir uma dica ao taxista, corre o risco de ele te indicar esse restaurante. Preço fixo e comida à vontade, bom para quem tem vontade. Porque é uma comilança. Tem bufê de saladas e você escolhe as carnes direto na parrilla. Muitas mesas e muito barulho. Indicado para grupos grandes.

- TGI Friday's (1010) - é aquela rede de estilo americano em que você encontra o indefectível baby back ribs com molho barbecue. As moças que servem usam roupas coloridas e chapéus doidos. Costuma ter lápis e papel para os pequenos desenharem.

- Spettus (876) - churrascaria rodízio no espeto, como diz o nome. Os garçons arranham o português, isso se ele não for brasileiro. Portanto, é possível que te ofereçam maminha, contra-filé, picanha... assim em português. Nos fins de semana, tem espaço infantil com monitora na hora do almoço.

- El Potrillo (580) - parrilla básica. Paga-se o que se consome. Boa carne.

Do lado de lá do dique, perto do rio de La Plata, tem a Costanera Sur, com uma reserva ecológica onde é possível fazer caminhadas quando não há vento. Tem também prédios altos residenciais e hotéis de luxo, como o Faena, com um show de tango de alto nível para turistas e bem caro. São 200 dólares por cabeça com jantar incluído. É o Rojo Tango, um programa para os pais acionarem a baby-sitter do hotel.
Ainda do lado de lá, na rua Olga Cossettini, tem restaurantes mais aconchegantes. Uma boa pedida para a noite é o Simone, no 1553, com boa pizza de massa fina e crocante, e o Il Fiume (1651), com risotos e pastas. Nenhum desses dois têm atrações para crianças, mas ficam à beira do dique, têm mesas do lado de fora para dias agradáveis e um ambiente legal para a família.

Foto: Guia Óleo  

11 comentários:

  1. ahhhhhhhhhh..eu adorei Puerto Madeiro..achei lindooo...saudades tao grandes dai,sabia??
    bjssss...

    ResponderExcluir
  2. Oi Fernanda, mais dicas pra eu anotar no meu caderninho de viagem, em julho usarei todas, com certeza. Obrigada!

    Tenho muita vontade de conhecer o Cassino de Puerto Madero, mas como vou estar com meu pimpolho de 12 anos, acho que, infelizmente, não será possível.

    Se puder me tirar uma dúvida: é verdade que picanha é difícil de encontrar nos restaurantes de Buenos Aires? Meu filho é louco por picanha, se deixar, come todo dia... carnívoro como é, vai amar a Argentina... rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mãe Mochileira.
    quem sabe não está na hora de outra visitinha???
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Renata,
    há cortes equivalentes com outros nomes. No caso da picanha, seria a tapa de cuadril.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Fernanda ,
    adorei teu blog.
    Estamos pensando em ir pra Buenos Aires agora em julho.
    Estou com medo de não conseguir fazer atividades ao ar livre com as crianças como ir ao parque e ao zoo por causa do frio.
    Obrigada, Mariel

    ResponderExcluir
  6. Ai Fernanda, minhas lombrigas se remexaram todas agora de tanta saudade...
    Deixo minha dica do Sorrento em P. Madero. Foi uma das minhas melhores refeições na última viagem! Especialmente por ser frutos do mar!
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Mariel,
    no ano passado, com a paranoia da gripe A, fizemos muitos programas ao ar livre, sempre muito bem agasalhados, claro! É bem agradável quando não tem vento. Há dias bonitos de céu azul, coloridos...
    bjs


    Camila,
    obrigada pela dica!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Obrigada Fernanda.
    Beijo, Mariel

    ResponderExcluir
  9. Querida , show de bola esse blog , amei! parabéns! olha só , estamos indo a Buenos essa quinta e tenho um terrorzinho de 1ano e 8 meses que vai junto ( inclusive ele é meio argentino por parte do pai). Gostaria de saber se não tem mais alguma diquinha de restaurante (qualquer localização...) com lugar para as crianças, pois isso faz A diferença para nós comermos tranquilos ... Beijocas!!!! clarissanoer@brturbo.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá queridos frequentadores deste indispensável blog:
    Onde podemos comer o brasileiríssimo arroz com feijão aí em Buenos Aires? Meu pequeno de 6 anos come muito bem, desde que tenha ArrozComFeijão.
    E é provável que mudaremos para BsAs...
    Muchas Gracias.
    Derlange (derlange-amaral@uol.com.br)

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails